Helicóptero: Passos da formação

Helicóptero: Passos da formação

595
0
Compartilhe

Muitas pessoas sonham em tornar-se piloto de helicóptero, mas quanto custa essa formação? Iremos falar um pouco sobre os detalhes da formação e o seu custo.

1) Primeiramente, ao iniciar a carreira o aluno piloto deverá solicitar seu Código Anac (conhecido como CANAC) para a Agência Nacional da Aviação Civil – Anac. Este código é a identidade do piloto, e o mesmo será necessário para diversas etapas da vida do profissional, como por exemplo, para realizar um plano de voo.

Para conseguir gerar este código, basta acessar o site (clique aqui), preencher com os seus dados e concluir.

VEJA TAMBÉM: Incêndios florestais: Importância do combate aéreo

2) Após isso, o aluno deverá se matricular em um curso de Piloto Privado de Helicóptero homologado pela Anac. O curso tem duração média de 4 meses e dura na faixa de R$ 2.000,00 a R$ 3.000,00.

3) Terminado o curso, o aluno deverá realizar a prova teórica da Anac, que custa R$ 86,42 por matéria. Em PPH tem-se 5 matérias (Teoria de voo, Conhecimentos técnicos, Meteorologia, Navegação Aérea e Regulamentos), ou seja, total da prova: R$ 432,10.

A prova é composta por 20 questões de cada matéria, totalizando 100 questões. Caso o aluno passe em todas ele será APROVADO, caso ele não passe em no máximo 2, ele ficará de 2ª ÉPOCA, onde poderá refazer apenas as provas as quais não passou. Porém, se o aluno não passar em 3 ou mais, ele será REPROVADO e terá que realizar as 5 matérias novamente.

4) Após ser aprovado na prova da Anac, o aluno deverá obter seu CMA (Certificado Médico Aeronáutico), que por sua vez pode ser obtido a qualquer momento antes de se iniciar a parte prática, não obrigatoriamente após aprovação na Anac. Muitos inclusive realizam o exame médico antes de iniciar a parte teórica para ter certeza que nada os impedirá futuramente.

O custo do exame gira em torno de R$ 590,00 o exame inicial, independente da categoria (quando você vai obter o CMA daquela categoria pela 1ª vez).

Já os exames de revalidação, quando você já possui o CMA daquela categoria e vai apenas revalidá-lo, o valor é de R$ 350,00.

5) Após a prova da Anac e a posse do CMA de 2ª classe, o aluno deverá buscar uma escola para realizar a parte teórica do curso. Para o curso de Piloto Privado de Helicóptero (PPH), o aluno deverá realizar 40h de voo ou 35h de voo se estas foram efetuadas, em sua totalidade, durante a realização completa, ininterrupta e com aproveitamento de um curso de piloto privado de helicóptero aprovado pela ANAC. Uma hora de voo de helicóptero varia muito de escola para escola, mas numa média geral, fica em torno de R$ 700,00 para a aeronave Robinson 22, que é a mais usada pelas escolas. No caso de 35h, totalizaria R$ 24.500,00.

6) Após realizar as horas de PPH, o aluno deverá solicitar o Cheque, para obter a licença de Piloto Privado de Helicóptero. Tal exame de proficiência deverá ser realizado por um INSPAC, pessoa credenciada pela Anac ou então a própria escola poderá efetuar o exame se tiver em seu quadro um checador credenciado pela agência.

7) Após obter a licença de PPH, o aluno deverá se inscrever no curso teórico de Piloto Comercial de Helicóptero (PCH) homologado pela Anac, que também gira em torno de R$ 2.000,00 a R$ 3.000,00. A duração do curso é em média de 4 meses.

8) Após o término do curso, o aluno deverá realizar a prova da Anac de Piloto Comercial de Helicóptero, que tem o mesmo valor da prova de PPH, R$ 432,10.

A prova é composta por 20 questões de cada matéria, totalizando 100 questões. Caso o aluno passe em todas ele será APROVADO, caso ele não passe em no máximo 2, ele ficará de 2ª ÉPOCA, onde poderá refazer apenas as provas as quais não passou. Porém, se o aluno não passar em 3 ou mais, ele será REPROVADO e terá que realizar as 5 matérias novamente.

9) Após a prova da Anac e a posse do CMA de 1ª classe, o aluno deverá buscar uma escola para realizar a parte teórica do curso. Para o curso de Piloto Comercial de Helicóptero (PCH), o aluno deverá realizar 100h de voo, já contabilizando as horas realizadas no curso prático de PPH, ou seja, se o aluno fez 40h no curso de PPH, precisará de no mínimo 60h para o curso de PCH. Uma hora de voo de helicóptero varia muito de escola para escola, mas numa média geral, fica em torno de R$ 700,00 para a aeronave Robinson 22, que é a mais usada pelas escolas. No caso de 60h, totalizaria R$ 42.000,00.

10) Após realizar as horas de PCH, o aluno deverá solicitar o Cheque, para obter a licença de Piloto Comercial de Helicóptero. Tal exame de proficiência deverá ser realizado por um INSPAC, pessoa credenciada pela Anac ou então a própria escola poderá efetuar o exame se tiver em seu quadro um checador credenciado pela agência.

Além dos cursos supracitados, existem outros que podem ser necessário, mas que para a formação inicial não são obrigatórios, como por exemplo, Instrutor de Voo e Voo por instrumento.

Outros valores devem também entrar nos custos da formação, como alimentação, hospedagem caso o aluno more longe da escola e material de estudo.

Vale ressaltar que para iniciar os cursos o candidato deverá ter no mínimo 18 anos de idade e ensino médio completo.

Redação – Portal do Piloto

Deixe uma resposta